Difíceis dias se passaram na Comunidade Israelita dos Samaritanos.

Aqueles foram o grande ponto de interrogação em torno da guerra entre Israel e seus países árabes vizinhos: o Egito como uma força de liderança, Síria e Iraque que se seguiram e Jordânia e Líbano que se uniram eventualmente.

Tal tratamento para destruir Israel preocupou os samaritanos de Holon menos do que o medo deles sobre o que aconteceria com a outra comunidade samaritana em Nablus sob o controle da Jordânia sob um estado de guerra.

Foram dias de muita ansiedade até a guerra começar em 5 de junho de 1967.

Logo os cidadãos de Israel descobriram nas primeiras horas do primeiro dia da guerra, que mais tarde foi chamado de “Guerra dos Seis Dias”, onde Israel destruiu os jatos das forças aéreas. de seus vizinhos árabes.

Este fato foi escondido por Israel e seus inimigos por muitos dias dias, o que permitiu que a guerra continuasse.

Por fim, Israel venceu a batalha e ocupou ao sul o Sinai, e  a Judéia e Samaria no leste e as colinas de Golã no norte.

Um novo período se iniciava.

Ainda assim, o ponto de interrogação em torno dos samaritanos em Nablus incomodou os samaritanos de Holon.

Mas logo, nos primeiros dias após o fim da guerra, em 10 de junho de 1967, eles descobriram que ninguém foi ferido.

Um grupo de jovens samaritanos de Holon chegou a Nablus, encontrou os samaritanos atordoados de Nablus e animou-os.

Na mesma semana, a liderança da comunidade Holon organizou um ônibus de peregrinos para o Monte Gerizim para celebrar o Festival das Semanas no topo do Monte Gerizim, sob a bênção do Sumo Sacerdote ‘Amram b. Yehsaaq (que foi Sumo Sacerdote de 1961 até 1980), no domingo, 18 de junho de 1967.

Aqueles foram dias de felicidade, logo após a guerra combinada com ansiedade.

Felicidade que a comunidade em sua duas partes reuniu novamente sob uma bandeira e ansiedade de não saber o que o futuro próximo tem reservado para eles.

Benyamim Tsedaka

Tradução livre
Ariel Haddad Ben Abraahm

Na Imagem: Primeira peregrinação de Shavuot no Monte Gerizim em 18 de junho de 1967.