Monte Gerizim – O Lugar Escolhido de Shehmaa

Fechou-se o circulo.

Não é de admirar que Abraão, nosso antepassado, tenha construído o primeiro Altar para Shehmaa em “Um lugar de Siquém”?

A resposta para essa pergunta foi encontrada em um fragmento de Qumran e foi exposto pela primeira vez em 2008, esse fragmento contém o texto de Devarim(deut) 27:4-6, onde foi escrito em antigo roteiro aramaico por um escriba judeu:

“E vocês devem construir um Altar para Shehmaa seu Eloowwem no Monte Gerizim “.

Isto é fechar o circulo.

- O Fragmento de Qumran

– O Fragmento de Qumran

 

O fragmento encontrado confirma a existência do 10° Mandamento da Torá na versão Israelita Samaritana conforme consta em Shemot(Êx.) 20:14 e em Devarim(deut.) 5:18 e que instrui sobre a construção de um Altar para Shehmaa, o primeiro Altar do povo de Israel que foi construído logo após a sua entrada na terra prometida, o Monte Gerizim ou seja AARGAAREEZEM – הרגרזים –  uma palavra de 7 letras.

- O Monte do Eterno

– O Monte Eterno

 

A história que consagra a Montanha do Templo em Jerusalém, foi escrita por judeus ,ocorreu muito tempo depois,  centenas de anos depois de toda a Torá ter sido escrita e estar completa.

A localização de Monte Gerizim é apresentada claramente por sete pontos de marcação geográfica no Devarim(deut) 11:29-30, como também no título do capítulo seguinte, o capitulo 12, onde Shehmaa ordena ao povo de Israel que destrua todos os locais de culto e concentre agora o novo culto no lugar escolhido.

O altar de Isaac / Abraham

O altar de Isaac / Abraham

 

Este mandamento de “Adoração apenas no Lugar Escolhido” se repete 22 vezes nos próximos capítulos do Devarim(deut) desde o capítulo 12 até o 31.

Os capítulos 11 e 12 não deixam dúvidas de que o local mencionado é a Montanha da Bênção – O Monte Gerizim [Aargaareezem].

As Doze Pedras de Joshua

As Doze Pedras de Joshua

Fazemos 3 peregrinações por ano.

Ao topo do monte Gerizim, os samaritanos israelitas fazem 3 peregrinações por ano:

  1. No sétimo dia da Páscoa.
  2. No Festival das Semanas [Shavuot].
  3. No Festival de Sucot.

Existem 7 locais sagrados:

  1. As pedras entregues por Joshua
  2. O lugar onde estava o Altar de Adão e Seth
  3. O Monte Eterno
  4. O Lugar onde Abraão encontrou o Ram para oferecer em vez de seu filho Isaac
  5. 5- Isaac Altar 6 Alo Noé
  6. 7 O lugar onde Joshua ergue o Templo de Moisés

 

A visita é feita em 3 principais locais sagrados no cume do Monte Gerizim:

  1. Na rocha plana onde o Tabernáculo de Mooshe ficou por 260 anos após a entrada na terra prometida;
  2. No Altar de Abraão e Isaque.
  3. Até as Pedras que Josué [Yeooshua] trouxe do rio Jordão até o topo do monte Gerizim.

Todos estes locais são áreas naturais desde a criação, não alterados mão do homem.

Por isso ao iniciar e terminar cada oração dizemos:

“Monte Gerizim, a Casa do El, por toda nossa vida”.

Por milhares de vezes, desde Josué, o Sacrifício da Páscoa tem sido oferecido no Monte Gerizim no 14° o dia do 1° Mês no Monte Gerizim, também chamado de “Monte da Primavera – Ebeb”.

No período de [1983-2008] , ou seja, por 25 anos, foram feitas escavações no Monte Gerizim, que expuseram a antiga cidade israelita-samaritana de Luza com muitas descobertas importantes desde o 6º século AEC até o 4° do século, incluindo 510 inscrições em pedras, que até agora demostram a devoção do Israelitas-Samaritanas por Shehmaa o Único e Absoluto..

Benyamim Tsedaka

As fotos:
– O Fragmento de Qumran
– O Monte Eterno
– O altar de Isaac / Abraham
– As Doze Pedras de Joshua
– יהוה Inscrição do Nome.