Genética comprova a verdade sobre os Israelitas Samaritanos

A genética comprova a verdade sobre os Israelitas Samaritanos

De acordo com um estudo genético de 2004, o haplogrupo J presente nos samaritanos é aquele pertencente ao dos Cohen (sacerdotes judeus), o que indica ser essa linhagem a israelita original antes da destruição do reino de Israel pelos assírios.

Fonte – http://evolutsioon.ut.ee/publications/Shen2004.pdf

E também um estudo genético de 2013 também identificou os samaritanos como tendo origem no reino de Israel:

“Os samaritanos são um grupo de […] nativos do Oriente Médio, metade dos quais vive em Holon, subúrbio de Tel Aviv, e a outra metade em Nablus.

[…] A ancestralidade dos samaritanos tem sido objeto de controvérsia desde os tempos bíblicos tardios até o presente.

Neste estudo foram analisados […] o cromossomo y e 15 marcadores autossômicos em uma amostra de 12 samaritanos pouco relacionados entre si, e 461 judeus e não judeus.

Estimativas de distâncias genéticas entre os samaritanos e sete populações judaicas e três populações judaicas de Israel, assim como populações da África, Paquistão, Turquia, e Europa, revelaram que os samaritanos estão intimamente relacionados aos Cohen.

Esse resultado apóia a posição samaritana de que descendem das tribos de Israel que existiam antes do exílio promovido pelos assírios em 722-720 antes da era comum”.

Fonte – http://digitalcommons.wayne.edu/cgi/viewcontent.cgi…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.